MENU

Você já ouviu nossos avós contando alguma história de casais que tiveram que fugir para se casar sem contar a ninguém? Pode parecer que os casamentos tradicionais são a única maneira de se casar, mas fugir não é uma prática incomum ou tabu nos dias de hoje, como era no tempo dos nossos avós. De fato, cada vez mais vem crescendo o número de casais que escolhem lugares românticos ou destinos interessantes e “fugir” para fazer seu Elopement Wedding e isso pode tornar a celebração mais barata e alegre.

Hoje em dia a definição “fugir” é pouco mais sutil no jargão do casamento. Nos tempos modernos fugir não significa necessariamente fugir, inclusive na maioria das vezes os casais que optam por “fugir” informam a decisão desse tipo de cerimônia a sua família, embora nem sempre os convidem para participar, e o nome desse tipo de casamento ficou conhecido como Elopement.

Por que fazer um Elopement Wedding?

Antigamente existiam muitas razões pelas quais os casais decidiam fugir. Um dos mais comuns é porque os pais ou famílias não aprovavam o relacionamento, ou porque a noiva poderia estar grávida.

Claro que hoje as razões mudaram, e os casais que decidem por fazer um Elopement Wedding, muitas vezes são casais que já moram juntos a algum tempo, adoram viajar e conhecer lugares diferentes e gostariam de fazer uma cerimônia a dois em um desses lugares, outros casais decidem que um casamento tradicional é muito estressante e caro para planejar, alguns casaram apenas pelo civil e nunca se vestiram de noivos e trocaram votos, mas tem o sonho de casarem um dia sem necessariamente ser um casamento tradicional. E outros casais simplesmente podem decidir que preferem economizar o dinheiro para o futuro em vez de gastá-lo em um casamento luxuoso.

Cerimônia

Renunciar a um casamento tradicional grande e fugir não significa necessariamente pular completamente uma cerimônia para comemorar a ocasião. Às vezes, os casais que fogem simplesmente querem um casamento mais íntimo e tranquilo apenas os dois ou com uma quantidade mínima de convidados.

noivo emocionado falando seus votos
Elopement no Palácio de Seteais – Portugal

Não importa se são apenas eles dois ou algumas poucas pessoas que testemunham o casal fazer um Elopement Wedding, ainda há algumas coisas a considerar.

Por exemplo, eles ainda podem querer trocar alianças, escolher trajes parecidos com casamentos, por mais casuais que sejam, gostam de ter fotografias profissionais para capturar as memórias, de ter alguém para celebrar, que pode ser um profissional, um amigo ou familiar ou até mesmo os noivos trocando os votos sozinhos.

Decisão pessoal

Todo casal tem suas razões sobre porque escolheram fazer um casamento a dois, e ela não deve ser vista de maneira negativa. O mais importante é que o casal siga seus próprios desejos e qualquer caminho que os façam felizes. Para muitos, principalmente aqueles que já moram juntos, a ideia de um casamento tradicional simplesmente não é uma boa opção e eles preferem fazer do seu jeito e ao estilo deles.

Fazendo planos para seu Elopement Wedding

Mesmo os casais que optam por fazer um casamento a dois, terão de fazer alguns planos para garantir que sua cerimônia seja perfeita e legal. Dependendo do local que vão escolher, de preferência o casal deve entrar em contato com algum profissional que entenda de Elepoment Wedding, e claro, tudo depende do tipo de casamento que optaram.

Um dos pontos que mais influencia, é se o casamento mesmo que seja a dois é com efeito religioso, civil ou apenas simbólico, pois tudo isso vai requerer contratar um profissional que entenda desse tipo de cerimônia e conheça bem os lugares, alguns locais exigem marcação, tempo de espera e testemunhas designadas para realizar uma cerimônia de casamento ou emitir uma licença de casamento, o mais comum no elopement é o casal casar no civil no seu local de origem e fazer no estado ou país escolhido uma cerimônia simbólica no dia, é importante também que esse profissional conheça e possa indicar os profissionais de cabelo e maquiagem, fotografo, os espaços que mais se aproximas com o estilo e personalidade de vocês, para que mesmo que seja um casamento a dois, seja um dia e momento inesquecível.

Custos de um Elopement

Quando o casal decide “fugir” para casar, a primeira pergunta que também surge é: Quanto custa fazer um casamento a dois? E a resposta mais correta a se dizer é que tudo depende, se vai fazer dentro do próprio país de origem ou em outro país, se o local para a cerimônia é privado ou público, os profissionais de fotografia e vídeo escolhidos, se necessita ou não de decoração, entre vários outros fatores.

A certeza é de que em sua maioria, o custo é muito menor, uma média de 10% a 30% do valor de um casamento tradicional, e a experiência e complexidade também é completamente diferente.

E justamente por serem experiências diferentes, onde muitas vezes por mais bonito que seja, no dia o casal acaba dividindo a atenção com muitas pessoas e não aproveitam ao máximo, tem aquela sensação de que tudo foi em poucas horas e muito rápido e sobretudo cansativo.

Por todos esses fatores é que muitos casais que também tiveram um casamento tradicional, escolhem posteriormente na renovação de votos, ter uma experiência mais íntima que só um casamento a dois proporciona.

Comentários
FECHAR
error: Conteúdo está protegido !!
× Olá